terça-feira, 6 de novembro de 2012

Museu de Valores - Ordem do Mérito Cultural 2012

O Museu de Valores do Banco Central recebeu nesta segunda-feira, 5/11, das mãos da presidente Dilma Rousseff, a Ordem do Mérito Cultural. A condecoração é uma iniciativa do Ministério da Cultura (MinC), que, desde 1995, premia personalidades e instituições que se destacam por contribuições prestadas à área.
Para o secretário-executivo do BC, Geraldo Magela, a comenda valoriza o trabalho educativo e de preservação feito pelo Museu de Valores, que, em 2012, completou 40 anos de criação. "É um reconhecimento da atuação do BC também na preservação e valorização da cidadania que, no fundo, é o trabalho do Museu. Ali está registrada a história do dinheiro brasileiro, uma parte importante da nossa cultura. E temos nos empenhado em transmitir esse conhecimento à sociedade."
Geraldo Magela e Telma Ceolin
Secretário-executivo do BC e Diretora do Museu de Valores
Neste ano, o MinC avaliou 496 propostas de candidatos a receber a Ordem do Mérito Cultural - qualquer pessoa pode fazer indicações para o prêmio pela internet ou por carta. Os nomes são avaliados por uma comissão do Ministério da Cultura e, posteriormente, enviados para o Conselho da Ordem do Mérito Cultural, formado pelos ministros Marta Suplicy (Cultura), Antonio Patriota (Relações Exteriores), Aloizio Mercadante (Educação) e Marco Antonio Raupp (Ciência, Tecnologia e Inovação).
Segundo a Chefe do Museu de Valores, Telma Cristina Soares Ceolin, o "recebimento da Ordem do Mérito Cultural é uma homenagem a ser compartilhada com todos os servidores e colaboradores internos e externos que, durante os 40 anos de existência do Museu, contribuíram para esse reconhecimento, com trabalho dedicado e ideias criativas, colocando o Museu de Valores no rol dos museus mais representativos do nosso país".
Presidente da República  Dilma Rousseff e a Diretora do Museu de Valores Telma Ceolin
Saiba mais A Ordem do Mérito Cultural foi criada em 1995 pelo MinC e, até este ano, mais de 500 condecorações foram entregues a personalidades da história e das artes brasileiras, como Cartola, Santos Dumont e Bibi Ferreira.
As medalhas são direcionadas a personalidades e instituições de diversas áreas, tais como artes visuais, música, literatura, teatro, cinema, design, museus e manifestações da cultura popular. A cerimônia de entrega da Ordem é feita anualmente em comemoração ao Dia Nacional da Cultura, celebrado em 5 de novembro.
Nesta edição, o homenageado é o compositor e instrumentista pernambucano Luiz Gonzaga. Conhecido como o _Rei do Baião_, Gonzaga foi um dos responsáveis pela divulgação de ritmos tradicionais nordestinos como o baião, o xote e o xaxado para o restante do país. Ele nasceu em uma fazenda na cidade de Exu, na zona rural do sertão de Pernambuco, em dezembro de 1912 e neste ano comemora-se o centenário do nascimento do artista. fonte: Banco Central do Brasil - Linha Direta

Nenhum comentário:

Postar um comentário