sábado, 16 de junho de 2012

Rui Barbosa - Cédulas de 10.000 Cruzeiros e 10 Cruzados

O tema principal constitui homenagem a Rui Barbosa, famoso jurista, escritor, jornalista, orador e político brasileiro. Nascido em 1849 e falecido em 1923, notabilizou-se por sua atuação, em todos os ramos de suas atividades, como cultor do direito e da liberdade.
Folder da Cédula de Dez Mil Cruzeiros
A cédula está impressa pelos processos calcográfico (talho-doce), "offset" e tipográfico. A marca d'água (filigrana) representa a figura de Rui Barbosa, em ângulo visual diferente do "portrait", O formato da cédula é 74 x 154 mm e tem o marrom como cor predominantes.
O anverso da cédula traz impresso "portrait" de Rui Barbosa, ladeado por composições representativas da mesa de trabalho e do portal da casa do homenageado, além da estilização  de lombadas de livros dispostas verticalmente. O valor está representado, numericamente, no canto superior direito e na guarda ornamental do lado inferior da cédula, figurativa das grades existentes na casa do homenageado.
Folder - Detalhes técnicos e de segurança do anverso da cédula
No reverso, destaca-se composição representando o homenageado discursando perante uma platéia, tendo ao fundo mapa-múndi que simboliza a universalidade de evento marcante: A Segunda Conferência de Paz, realizada em Haia, em 1907 e na qual Rui Barbosa representou o Brasil.
Folder - Detalhes técnicos e de segurança do reverso da cédula
O material de pesquisa para elaboração dos projetos gráficos foi colhido do acervo da "Casa de Rui Barbosa", hoje Museu no Rio de Janeiro.


Essa mesma estampa foi aproveitas para o padrão monetário corrigido, primeiramente por "carimbo" tipográfico e posteriormente através da alteração do valor facial para 10 cruzados.
Cédula com o carimbo de 10 cruzados - Circulada 23.4.1986 a 15.3.1990
Cédula de 10 cruzados aproveitada do padrão cruzeiro - Circulada de 20.10.1986 a 15.3.1990
Impressão: Casa da Moeda do Brasil
Projetos gráficos: Àlvaro Alves Martins
Gravuras Manuais: Czerslaw Slania e Martha Elsa Sasian Alvarado da Fonseca
Desenho da marca dágua: Waldemiro Puntar
Todos os artistas são contratados pela Casa da Moeda do Brasil

fonte consulta: site BCB e folder da cédula de 100.000 cruzeiros


5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir