quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

MUSEU DE VALORES - Retrospectiva 2011

Museu de Valores divulga coleções do BC no Brasil e no exterior
Exposições permanentes e temporárias com dezenas de milhares de visitações; empréstimos de itens do acervo a instituições museológicas de prestígio. Em 2011, o Museu de Valores ampliou o trabalho de divulgação das coleções numismática e artística do BC no Brasil e no exterior.

Nesses 12 meses, o espaço recebeu 18.211 pessoas em Brasília, interessadas na exposição do acervo permanente. Desse público, aproximadamente 60% eram professores, crianças e jovens em idade escolar, participantes do Programa Museu-Escola. Já nas regionais, o Museu de Valores teve 100 visitantes em Belo Horizonte, 227 em Curitiba e 489 em Recife.

As exposições temporárias também fizeram sucesso. Entre janeiro e setembro, 2 mil pessoas prestigiaram a exposição “Trilhas da Modernidade na Coleção Banco Central”, na Galeria de Arte do 8º andar do Edifício-Sede em Brasília. No mesmo local, de outubro a dezembro, 900 pessoas conferiram a exposição “Vanguarda Modernista”, que segue aberta ao público.

O Museu participou de dois eventos promovidos pelo Instituto Brasileiro de Museus, ambos no Edifício-Sede, em Brasília. Durante a 9ª Semana dos Museus, foram organizadas palestras e oficinas sobre conservação preventiva de acervos. Na 5ª Primavera dos Museus, realizada anualmente na semana do início da estação, foi organizada a exposição “Mulheres, Museu e Memórias”, em homenagem à escritora e poetisa Cecília Meireles.

Museu no exterior

Com relação à promoção da imagem do Brasil no exterior, o Museu participou de dois eventos de peso. No primeiro trimestre, forneceu informações e imagens para a exposição sobre o dinheiro brasileiro realizada na Embaixada do Brasil em Belgrado, na Sérvia. A mostra apresentou ao povo sérvio, que ainda sofre com a inflação, a trajetória econômica brasileira, dos planos econômicos passados e à estabilidade monetária advinda da implantação do Plano Real.

Além disso, o Museu de Valores participou do festival Europalia 2011, um dos maiores eventos culturais da Europa, realizado a cada dois anos em Bruxelas, na Bélgica. O Brasil foi o país homenageado nessa edição, iniciada em outubro. Com mais de 50 itens de seu acervo, o Museu ajudou a promover a imagem do país no exterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário