sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Dia do Numismata

Comemoramos, no Brasil, o primeiro de dezembro como o Dia do Numismata. Analisando diversas literaturas, de como foi escolhido esta data, a maioria delas nos remetem a uma reunião da Sociedade Numismática Brasilieira, realizada em 1934, onde foram consultados os profissionias da área, para estipular a melhor data. São várias as justificativas encontradas para esta escolha, apresentamos algumas considerações relevantes para a escolha da data:
Santo Elói
  • No calendário católico, comemora-se em primeiro de dezembro o dia de Santo Elói (ou Elígio), nasceu em 588 e morreu dia primeiro de dezembro de 659. Bispo, marceneiro, escultor modelista, ourives e mestre na cunha de moedas. É considerado protetor dos ourives e de todos que trabalham com metal;
  • D. Pedro I foi coroado como Imperador do Brasil, em primeiro de dezembro de 1822, iniciando uma nova fase na história do Brasil independente. Neste dia se deu o lançamento da primeira moeda do novo regime, conhecida como "Peça da Coroação" de 6.400 réis. Considerada a peça mais valiosa e rara da numismática brasileira (cunhadas apenas 64peças), clique em "Peça da Coroação" e veja mais informações sobre a moeda.
  • Ordem Imperial do Cruzeiro
  • Decreto assinado por D.Pedro I substituiu a Coroa Real do Escudo das Armas  pela Coroa Imperial e, nesta mesma data (primeiro de dezembro,) foi criada a Ordem Imperial do Cruzeiro, sendo a primeira ordem honorifíca genuinamente brasileira.
    Aos numismatas o nosso cumprimento pelo seu dia.
    Visite o Museu de Valores e vejas as peças em exposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário