terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Dia do Marinheiro - Cédula de Um Cruzeiro

No dia 13 de dezembro, comemora-se o Dia do Marinheiro,  a data marca o nascimento do almirante Joaquim Marques Lisboa, o Marquês de Tamandaré, em 1807. Pelo seu atos heróicos em batalhas e pelo seu sentimento de humanisno é o patrono da Marinha do Brasil. Por iniciativa do Congresso Nacional entrou para o Livro dos Heróis da Pátria.

De dezembro de 1944 a fevereiro de 1960. tivemos a circulação da cédula de valor facial de "um cruzeiro" - Cr$ 1,00. A emissão da cédula homenageia o Marquês de Tamandaré, o órgão emissor é o Tesouro Nacional e o impressor o ABN - American Bank Note Company, de Nova Iorque.
Anverso; No centro temos o retrato do Almirante Tamandaré
As peças das séries de 0001/1000 são autografadas, data emissão 1944
No reverso, temos o conjunto de edifícios da Escola Naval do Rio de Janeiro na cor azul em calcografia. As instalações foram inauguradas em 1938 e fica na ilha de Villegaignom.
Reverso
A origem do nome da ilha de  Villegaignon, que abriga a Escola Naval do Rio de Janeiro,  teve a sua história iniciada em 1555, quando Nicolau Durand de Villegaignon aportava na costa brasileira para fundar a França Antártica, em nome da Coroa francesa.
Na ilha denominada pelos indígenas como Serigipe,  Villegaignon fundou o forte Coligny, cuja construção era toda em pedra. A ilha foi tomada e o forte arrasado quando da expulsão dos franceses em 1567. O marquês de Lavradio  reconstruiu o forte no século XVIII  como ponto estratégico da baía da Guanabara para defesa da cidade do Rio de Janeiro.
O forte edificado foi novamente destruído entre os anos de 1893 e 1894, quando foi bombardeado pelo exército brasileiro na Revolta da Armada. Em 1922, foi construido uma ponte ligando a ilha ao continente e em 1938 foi edificado o prédio onde funciona a Escola de Formação do Corpo de Oficiais da Armada e de Fuzileiros Navais.
fontes:
Exército Brasileiro
Brasil em cédulas & Moedas
O Rio de Janeiro nas cédulas - CCBB

Nenhum comentário:

Postar um comentário