quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O Acervo - Um Manancial para Pesquisa - Parte III

Artigo escrito por Marcello Duarte, membro da diretoria AAMV, associado AFNB e assessor da Bibliátrica, empresa contratada pelo Bacen para higienização do acervo. A matéria "O Acervo" será publicada em quatro partes.

  Outro tema relevante são os ensaios. São muitos e primam pela raridade histórica. Para se ter uma idéia, mencionaremos pelo menos duas ocorrências: o ensaio em cobre do famoso patacão 1809 e a outra ocorrência, merecedora de destaque, é um conjunto de ensaios em ouro do Cruzeiro (1927-1928) e suas subdivisionárias. É uma lástima estar incompleto mas, além disso, tem muito mais.
            E suposto, voltemos aos heróis da vez: os recunhos dos 640 reis. Decididamente foram uma surpresa. Abundam no acervo peças de 640 reis recunhadas sobre os “Js”. Principalmente naqueles de 1774. Tais recunhos aparecem em 640 reis de 1809, 1813, 1814, 1815, 1816 e provavelmente em outras datas. O mais interessante é que alguns destes recunhos foram executados sobre “Js” contra-marcados com escudete para alçada do valor de 600 reis.
Recunho dos 640 réis sobre "Jota", contra-marcado com escudeto
Foto:Wilson Marinho
clique aqui para acessar a Parte II
Aguarde publicação, da parte IV, "O Acervo - Um Manancial para Pesquisa"

Nenhum comentário:

Postar um comentário