quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

DIA DO NUMISMATA - 1º de Dezembro

Uma das três razões que foram marcos para escolha da data comemorativa, aconteceu em 1934, nos salões da Sociedade Numismática Brasileira e  está relacionada com a primeira ordem honorífica brasileira.

"Com a Independência do Brasil, D. Pedro I criou a Ordem Imperial do Cruzeiro, em 1º de dezembro de 1822, para comemorar a sua Aclamação, Sagração e Coroação.

Foi, assim, a primeira ordem honorífica genuinamente brasileira. Seu desenho partiu de modelo francês, mas seu nome e suas características basearam-se na "posição geográfica desta vasta e rica região da América Austral, que forma o Império do Brasil, onde se acha a grande constelação do Cruzeiro, e igual, em memória do nome, que sempre teve este Império, desde o seu descobrimento, de Terra de Santa Cruz".

Era destinada a premiar brasileiros e estrangeiros e sua maior distribuição ocorreu no dia da Coroação e Sagração de D. Pedro I.

Aos agraciados não eram cobrados emolumentos, exceto o feitio da insígnia e o registro dos diplomas. Ficavam, porém, obrigados a dar uma joia qualquer, a seu arbítrio, para a dotação de uma Caixa de Piedade, destinada à manutenção dos membros pobres da Ordem, ou dos que, por casos fortuitos ou desgraças, caíssem na pobreza." Fonte Livreto Condecoração - Banco Central do Brasil - Museu de Valores

Parabéns aos numismatas!! 

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Moeda Comemorativa da cidade Olinda (PE)

A moeda comemorativa da cidade de Olinda pertencente à série numismática "Cidades Patrimônio da Humanidade no Brasil" terá o seu lançamento dia 25 de novembro de 2016. A moeda de valor facial de 5 reais encerra a série numismática que já homenageou Brasília, Ouro Preto, Goiás, Diamantina, São Luís e Salvador. O preço para aquisição da moeda será de R$ 200,00.
Metal: Prata 925/1000 - Diâmetro: 40 mm - Peso: 27 g 

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Convite - Encontro Nacional de Colecionadores - Brasília (DF)

Estarão presentes os maiores comerciantes e colecionadores da numismática, da filatelia e de outros tipos materiais colecionáveis. Destacamos que no sábado dia 19 acontecerá o Leilão Especial onde serão oferecidos 540 lotes .

terça-feira, 1 de novembro de 2016

1899 - Letras Bancárias - Banco da República do Brasil

O documento bancário que tem como agentes o Banco da República do Brasil e a Cia. Petropolitana foi adquirido em leilão pela Associação Amigos do Museu de Valores e doado ao Museu de Valores para compor o seu acervo museológico.

A peça datada de 15 de maio de 1899 registra a liquidação de título(s) no valor de dez contos duzentos e cinquenta e um mil e cinquenta réis (Rs 10:251$050). Trata-se de um documento raro em razão do seu estado de conservação e do curto período de tempo em que o Banco da República do Brasil atuou como agente financeiro.
Letra Bancária do Banco da República do Brasil - 1899
Resultante da fusão do Banco do Brasil com o Banco da República dos Estados Unidos do Brasil, em 1892, o Banco da República do Brasil obteve todo apoio e aparato governamental e passou a ser o único emissor do nosso dinheiro até 1896.
Cédula emitida pelo Banco da Republica do Brazil, em 1892
A Companhia Petropolitana agente tomador do empréstimo foi inaugurada em 19 de setembro de 1873, por autorização do Imperador do Brasil, tornando a primeira indústria têxtil de Petrópolis. Atraiu grandes levas de trabalhadores imigrantes italianos àquele município.

sábado, 15 de outubro de 2016

Cidades Patrimônio da Humanidade - Série Numismática

A série numismática "Cidades Patrimônio da Humanidade - Brasil", emissão do Banco Central do Brasil,  teve o seu início em 2010 com o lançamento da moeda homenageando Brasília, na época, completando 50 anos de sua fundação.

Nos anos seguintes, foram lançadas moedas comemorativas alusivas a Ouro Preto (2011), Goiás (2012), Diamantina (2013), São Luís (2014) e Salvador (2015).

Conforme consulta ao Banco Central, a última moeda da série será lançada ainda este ano, homenageando o centro histórico da cidade de Olinda (PE).

Todas as moedas da série são de prata (925/1000), diâmetro de 40 mm, peso 27g e com o valor facial de 5 reais. Fabricação é da Casa da Moeda do Brasil e concepção/projeto do BC e Casa da Moeda. 

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Presidente do Banco Central visita o Museu de ValoreS

Registramos as imagens da visita do Presidente do Banco Central do Brasil Ilan Goldfajn ao Museu de Valores do Banco Central, em especial à exposição "Ruptura e Tradição - Aloisio Magalhães e o Banco Central" e ao espaço da Lojinha do Museu (administrada pela Associação Amigos do Museu de Valores).
Visita à Exposição " Ruptura e Tradição"
Primeiro plano o presidente Ilan , Elvira Cruvinel e Karla Valente

Presidente do BCB  diante da maior pepita de ouro do mundo em exposição
Comitiva da presidência do BCB visita a Lojinha do Museu de Valores

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

A exposição "Ruptura e Tradição - Aloisio Magalhães e o Banco Central" apresenta o projeto desenvolvido por Aloísio Magalhães para a primeira família de cédulas brasileiras produzidas inteiramente no país.

O padrão visual da nova família de cédulas do cruzeiro, que circularam no período de 15 de maio de 1970 a 30 de junho de 1984, foi projetado por Aloísio Magalhães (1927-1982), pioneiro e referência do design nacional, que venceu o concurso realizado pelo Banco Central e Casa da Moeda do Brasil, em 1966.


Na concepção do projeto os efeitos moiré se destacam no visual da cédula, revela a beleza artística da peça proporcionando uma identidade nacional, técnica pioneira na numerária mundial.   

Essa exposição integra as celebrações da 10ª Primavera dos Museus e tem o apoio da Associação Amigos do Museu de Valores - AAMV.


"Ruptura e Tradição"
21/09/2016 a 28.04.2017 - 10:00 às 17:30
Museu de Valores - Edifício-Sede do Banco Central - 1º ss



quinta-feira, 16 de junho de 2016

Festa Junina - 2016 - Banco Central do Brasil

Não perca a Festa Junina 2016! Será amanhã 17 de junho - Estacionamento do Banco Central à partir das 17h. Ingressos na entrada do prédio Sede do BC, dúvidas ligar para AAMV  3414-2389.


segunda-feira, 16 de maio de 2016

3ª Semana Nacional de Educação Financeira. Participe!!




A Semana Nacional de Educação Financeira (Semana ENEF) tem como principal objetivo fomentar a Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF), por meio da promoção de diversas ações educacionais. Este ano, a terceira edição da Semana acontecerá no período de 16 a 22 de maio. Assim como nos anos anteriores, os diversos membros do Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF) desenvolverão ações neste período, e incentivam parceiros e interessados a também desenvolverem suas próprias iniciativas. A agenda está disponível em www.semanaenef.gov.br.

Sua instituição pode desenvolver ações utilizando os materiais disponibilizados gratuitamente nos sites www.vidaedinheiro.gov.br www.cidadaniafinanceira.bcb.gov.br. Nestes dois portais há materiais que podem servir de insumos para a elaboração de ações, como vídeos e cursos online.
O tipo de atividade ou evento a ser realizado durante a Semana é livre. Eleja um tema e aprofunde a discussão junto a colaboradores e familiares. E o mais importante: incentive os participantes a realizarem ações em suas instituições.
Os cursos gratuitos online estão disponíveis no portal no portal   www.cidadaniafinanceira.bcb.gov.br. Acesse e faça a diferença.

sábado, 19 de março de 2016

Da Multiplicidade de Formas e Conceitos - Convite para Exposição

Antonio Henrique Amaral
Ameaça / Threat - 66 x 63 cm - 1992
A abertura do quinto e penúltimo módulo da exposição "A Persistência da Memória" intitulada "Da Multiplicidade de Formas e Conceitos" terá sua abertura no próximo dia 21, às 15 horas

O foco das obras estará nas 25 serigrafias da coleção Ecoarte, lançada por ocasião da Rio 92, em diálogo com obras modernistas do acervo. 

A exposição na Galeria de Arte do Edifício-Sede em Brasília terá como curadora Gisel Carriconde e poderá ser visitada até julho/2016. 

Evento: Abertura do quinto módulo da exposição “A Persistência da Memória” 
Data e horário: 21/3, às 15 horas
Local: Galeria de Arte do Edifício-Sede do Banco Central.
Horário de funcionamento: Terça a sexta-feira, das 10h às 18h, com acesso permitido até 17h30. 
Acesso: O visitante precisa apresentar documento com foto para ter acesso à exposição, exceto menores acompanhados.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Moedas Comemorativas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

​O Banco Central lançará, no dia 19 de fevereiro, no Rio de Janeiro, o quarto conjunto de nove moedas comemorativas do programa numismático dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016: uma de ouro, quatro de prata e quatro de circulação comum.

Esse lançamento encerra o programa dos Jogos, que contém, ao todo, 36 moedas.


 Ø  Moeda de ouro:
ü“Tocha Olímpica”

Ø  Moedas de prata:
ü “Corrida no Aterro/Teatro Municipal”
ü “Voleibol de Praia em Copacabana/Samba”
ü  “Ciclismo na Floresta de Tijuca/Borboleta-da-Praia”
ü  “Remo na Lagoa/Pau-Brasil”

Ø  Moedas bimetálicas de R$1 (cartelas individuais):
ü  “Vinicius - Mascote dos Jogos Olímpicos”
ü  “Tom - Mascote dos Jogos Paralímpicos”
ü  “Natação Paralímpica”
ü  “Boxe”

Ø Moedas bimetálicas de R$1 (cartela contendo quatro moedas bimetálicas de R$1):
ü  4º lançamento (“Mascote Olímpica”, “Mascote Paralímpica”, “Natação Paralímpica” e “Boxe”) 
informações site: BCB


sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Feliz Natal e um Ano Novo repleto de

PAZ

UNIÃO
ALEGRIAS

ESPERANÇAS @
@ SOLIDARIEDADE

SAÚDE REALIZAÇÕES @
SINCERIDADE FELICIDADE

FORÇA AMIZADE HUMILDADE
HARMONIA PERDÃO LUZ RESPEITO

BENEVOLÊNCIA @ CONFRATERNIZAÇÃO
EQUILÍBRIO BONDADE BOA-SORTE PUREZA

@LIBERDADE GRATIDÃO FRATERNIDADE AMOR @
SUCESSO IGUALDADE SABEDORIA DIGNIDADE PACIÊNCIA

FELIZ NATAL BOAS FESTAS FELIZ NATAL BOAS FESTAS FELIZ
FELIZ NATAL BOAS FESTAS FELIZ NATAL BOAS FESTAS FELIZ NATAL

São os desejos da Associação Amigos do Museu de Valores a todos associados, seguidores do blog e colaboradores do Museu de Valores do Banco Central.